Jantar no escuro: você é capaz de degustar com os olhos vendados?

by

O quão à vontade você se sentiria ao jantar de olhos vendados? Quase nada, certo? Sua reação poderia mudar ao conhecer o projeto No Escuro Gastronomia.

Criação das psicólogas Maria Lyra e Elis Feldman, o projeto se baseia no conceito do alemão Andreas Heinecke. Mas, não pense que irá encontrar o modelo alemão em solo brasileiro. Como afirma Maria, a ideia é a mesma que o restaurante no escuro deles. “Mas, não somos uma filial”, comenta.

Música, arte, nutrição e, principalmente, a culinária. Tudo isso pode ser encontrado em um jantar no escuro. Você pode se perguntar o motivo para ter seus olhos vendados e a melhor definição para o ato é a da psicóloga, que afirma que a ideia é estimular os sentidos. “Tirando a visão você percebe as coisas com outras possibilidades”, explica.

Já ouviu aquela expressão “comer com os olhos”? A novidade também é uma boa pedida para quem está de dieta. Segundo a psicóloga, a pessoa estabelece uma relação nova com o alimento e comem menos por isso.

Quanto ao menu, não se preocupe. Você não irá se deparar com comidas exóticas e pratos que não te agradam. Assim que o serviço é solicitado, o cliente responde a um questionário sobre restrições alimentares e gostos.  Garfos e facas se tornam dispensáveis durante o jantar (bem como a possibilidade de um garfo voador atingir sua cabeça enquanto come). A degustação é feita com as mãos.

Mas, não pense que escuro é sinônimo de silêncio. Música ao vivo, dissertação de poemas e cheiros embalam o jantar.

E você realmente não entendeu errado, não. O serviço precisa ser solicitado. Não há um restaurante que oferece o serviço todos os dias, com hora marcada. Há três modelos para o serviço: para restaurantes, grupos e residência.

Ao fim do jantar, nem pense em sair correndo porta afora. Os participantes conversam sobre o jantar e trocam experiências sobre os momentos de degustação. “O chefe também participa, comentando sobre o que foi oferecido aos clientes”, explica Maria Lyra.

Se você gostou da ideia e está pensando em solicitar o serviço, prepare-se para um preço um tanto salgado. São de R$100,00 a R$150,00 por pessoa. Mas, vale a experiência de inovar uma vez ou outra.

No Escuro Gastronomia

Elis Feldman – 8339.5099

Maria Lyra – 9690.7259

http://www.noescurogastronomia.com.br

Tem sugestões de lugares diferentes em São Paulo e gostaria de vê-los aqui no blog? Entre em contato pelo email do blog (pegueoguardachuva@yahoo.com.br) ou pelo Twitter.

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: